Abordagem da educação alimentar e nutricional no contexto escolar através do Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) transversal de saúde: um estudo de caso

Rebeca Mairã dos Santos Nobrega Rodrigues

Resumen


A educação alimentar e nutricional tem como objetivo cooperar para a promoção e a proteção da saúde, através de uma alimentação adequada e saudável, desempenhando o crescimento e desenvolvimento humano conforme as políticas públicas em alimentação e nutrição, contribuindo de maneira significativa no controle do avanço da prevalência das doenças crônico-degenerativas. Assim, o presente estudo teve como objetivo analisar a aplicabilidade da educação alimentar e nutricional no contexto educacional tendo como base os PCN’s transversais de saúde. A pesquisa foi realizada no município de Itatuba em duas escolas uma estadual e outra municipal. Como finalidade, formaram-se conhecimentos acerca dos PCN’s transversais de saúde voltados para práticas de educação alimentar e nutricional, embora sejam pouco abordados na prática escolar. Estes conhecimentos podem servir de subsídios na idealização de estratégias para abordar o tema dentro da escola e principalmente em sala de aula, de forma transversal e interdisciplinar de maneira que venha contribuir para o bom crescimento e desenvolvimento do alunado, a fim de reduzir riscos á saúde relacionada com a falta de uma alimentação saudável. O estudo realizado indica a necessidade de intervenções no estado nutricional dos escolares, para que não se tornem adultos obesos e com problemas de saúde precocemente.


Palabras clave


Educação; tema transversal; educação alimentar e nutricional

Citas


Bresolin, J. C., Silva, J. A., Ferreira, M. (2015). A educação em saúde como proposta transversal: Analisando os Parâmetros Curriculares Nacionais e algumas concepções docentes. História, Ciências, Saúde (22), 429-443.

De Assis, D. C. (2014). Prática de alimentação saudável: percepção de adolescentes (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Pernambuco, Recife – Pernambuco.

De Senzi, M. (2008). Orientação nutricional e alimentar dentro da escola: formação de conceitos e mudanças de comportamento (Tese de doutorado). Universidade Estadual Paulista, Araraquara – São Paulo.

Fensterseifer P. E; Gonzalez, F. J. (2009). Educação Física e Escolar: a difícil e incontrolável relação teoría e prática. Motrivivência (28), 27-37

Hoeschl, L. (2013). Técnica dietética: seleção e preparo de alimentos (8ª ed). São Paulo: Atheneu.

Martins, T. A., Taqueti, V. L., Scherrer, M. M. (2010). A Saúde na escola: Um breve resgate histórico. Ciencia & Saúde coletiva. (15), 397-402.

Rossetto, D. C. (2002). A escola e o consumo alimentar de adolescentes matriculados na rede pública de ensino (Dissertação de mestrado). Escola Superior de Agricultural Luiz de Queiroz, Piracicaba – São Paulo.

Soares, L. F., Bruno, P. (2009). Alimentação é cultura – aspectos históricos e culturais que envolvem a alimentação e o ato de se alimentar. Nutrire (34) 225-241.

Telles, M. E. (2014). Tema transversal Saúde nos anos Iniciais da Educação Básica: um estudo em escolas com baixo IDEB (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria - Rio Grande do Sul.

Torres, J. A., Hernandez, A., Barros, C. (2014). Aspectos fundamentais da pesquisa científica. Asunción: Marben.


Texto completo: PDF

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Dirección de Investigación y Proyectos
Universidad Autónoma de Asunción

Jejui 667 entre O´Leary y 15 de Agosto